Vale quanto pesa? O estranho caso dos preços das canções digitais

Curioso como a versão “digital” de um álbum é comercializado por um preço similar à criação física. O produto manufaturado possui gastos extras, como custo com embalagem, distribuição etc.

Qual seria o valor justo? Nos EUA, os preços variam de US$0.99 a $1.29 (por faixas avulsas) e entre US$  7.99 – US$ 9.99 (para álbuns). Desde que flexibilizou o valor dos singles e discos digitais, os preços na Itunes Store flutuam bastante. Na Amazon, é comum encontrar CDs por US$ 12. Com o serviço AutoRip, A Amazon ainda disponibiliza, gratuitamente, a versão digital do mesmo trabalho.

Numa época em que cada vez a música é vista como serviço (e não produto) e que artistas como Radiohead lançam discos na base do pague o que quiser, fica difícil compreender preços elevados. Algo já visto na transição do LP para o mercado de CD. Mesmo com produção mais barata que um LP, o CD sempre foi comercializado com um preço mais elevado.

Nesse sentido, a Amazon MP3 é uma grata surpresa para o consumidor. A gigante do varejo promove constantemente promoções. No começo dessa semana, por exemplo, você poderia comprar o álbum Synchronicity, do Police, por $1.99. Hoje, o Greatest Hits do Morrissey, que têm 15 faixas, sai por $3.99.




***

Em 2011, a variação de preços continua. Born This Way, de Lady Gaga, foi lançado por US$ 0,99 na Amazon MP3. O disco completo, com doze músicas, saiu pelo preço de uma faixa. Na iTunes Store, o mesmo álbum saía por US$ 12,9. Na Amazon, o disco físico custava $11.88.

Depois de reinar absoluta por vários anos, a Itunes Store encontra um rival à altura. Até porque a Amazon tem força suficiente para obter preços mais agressivos junto às gravadorasmesmo posicionamento  adotado com as editoras de livros, o que tornou os ebooks mais acessíveis.

Atualização: 10/08/2011